segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Atividades culturais marcam manhã do primeiro dia de Simepe


O som da forte chuva que caiu esta manhã no Ginásio Poliesportivo do IF Sudeste MG - Campus Barbacena não abalou a musicalidade e o clima de descontração que marcaram a recepção aos participantes do II Simepe. Foram três atividades culturais diversificadas, que atraíam os recém-chegados após registro de cada presença por meio do credenciamento na entrada.

A introdução às atividades ficou por conta do grupo Maracatu Baque do Vale, coordenado pelo professor do Campus Rio Pomba, Rafael de Souza. Atuando como parte de um projeto de extensão, com a proposta de lançar um olhar especial para a cultura afro-brasileira, os músicos exploram o ritmo pernambucano Maracatu usando instrumentos típicos como alfaia (tamborzão), caixa, goguê, ganzá e abê. O resultado é uma mistura marcantemente ritmada. Para a integrante Amanda Vieira (na foto, agachada, ao centro), estudante do curso de Agroecologia, o Simepe é uma forma de valorização deste tipo de atividade cultural.

Na sequência, o humor ganhou espaço com as palhaçadas do Clowns do IVERT, instituição socioambiental que atua em parceria com o Campus Barbacena. Integrando os participantes em inusitados desafios, o grupo busca “levar alegria e aproveitar o tempo livre trabalhando o ócio criativo”, segundo a palhaça Maria Zoronga (interpretada por Olívia Batista). Ela compõe o talento do grupo também no projeto “Atividades Circenses: pedagogia corporal e estética”, conduzido pela coordenadora do curso de graduação Educação Física, Flaviana Toledo. Com o apoio de bolsistas e voluntários graduandos, eles atendem atualmente cerca de 60 crianças, ensinando a arte do circo para o desenvolvimento em diversos aspectos.

Encerrando o turno da manhã, a Grupo Artmanha apresentou a peça “Dramático SUS!” que combinou humor e crítica adequados à proposta “secreta” da sigla que, ao final, se revelou como “Sistema Universitário de Sorrisos”. A programação do primeiro dia segue à tarde com mesa redonda, apresentações de pôsteres e outros, continuando à noite com a solenidade de abertura oficial.


Texto e imagens: Elisa Franco