quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Reunião das Pró-Reitorias de Ensino, Pesquisa e Extensão com NEABI’S define cronograma de ações

Na noite dia 28 de novembro, após uma animada apresentação de capoeira dos alunos do curso de Educação Física do Campus Barbacena, se iniciou a reunião do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas com os pró-reitores André Narvaes (pesquisa e inovação), Gláucia Franco (ensino) e Valdir Silva (extensão).
A professora do Campus São João del-Rei, Rosana Machado, apresentou uma “Sugestão de Diretriz” para reforçar e valorizar o trabalho realizado pelos NEABI’s, ou seja, manter a autonomia para ações que já vêm sendo desenvolvidas em cada campus, mas pensando na possibilidade de ações inter e intra-campi unificadas. Por entender que se trata de um assunto de extrema importância e necessidade, os pró-reitores apoiaram a criação de uma “comissão central”, o pró-reitor André Narvaes acredita que a institucionalização do trabalho dos NEABI’s facilitará a obtenção de apoio para suas ações e projetos futuros, ideia corroborada pelo pró-reitor Valdir Silva. A pró-reitora, Gláucio Franco, afirmou que a iniciativa é necessária e se colocou à disposição no que for necessário para viabilizar a criação da comissão.
Ao final da reunião, que contou com a participação de representantes dos campi Barbacena, São João del-Rei, Santos Dumont e Reitoria ficou definido um cronograma para início dos trabalhos de composição da comissão central dos NEABI’s em dezembro 2017/janeiro 2018.
Sobre o NEABI
O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas busca a realização das ações afirmativas e em especial para área de ensino sobre África, Cultura Negra e História do Negro no Brasil, pautado na Lei nº 10.639/2003 e das questões Indígenas, Lei nº 11645/2008, que normatiza a inclusão das temáticas nas diferentes áreas de conhecimento e nas ações pedagógicas perpassando os eixos de ensino, pesquisa e extensão.
Texto e Fotos: Raquel Blank