quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Relato de experiência destaca o envolvimento de alunos em atividades que integram ensino, pesquisa e extensão

A integração entre ensino, pesquisa e extensão tem sido um dos objetivos perseguidos pelo IF Sudeste MG. E, quando se pensa no envolvimento de alunos em projetos com esta finalidade, o desafio se torna bem maior. Foi pensando nisso que as professoras Juliana Calixto e Beatriz Brasileiro, do Campus Muriaé, desenvolveram atividades que perpassam as três áreas e cuja participação dos estudantes do curso técnico em Agroecologia integrado ao ensino médio ganhou grande relevância.
No relato de experiência apresentado na tarde desta terça-feira no II Simepe, elas destacaram diversas iniciativas, como o curso de Introdução à Agroecologia para agricultores e técnicos da Emater, que levou os alunos a atuarem como mediadores do trabalho conjunto entre estes dois profissionais. “Para os estudantes, foi muito produtivo ver os diferentes pontos de vista do agricultor e do técnico e tentar levá-los para além daquela desconfiança que, muitas vezes, um tem em relação ao outro. Já viabilizamos várias iniciativas como esta, que tiveram resultados muito interessantes, apesar das nossas limitações. Os alunos envolvidos nestes projetos enfrentam uma verdadeira maratona, pois a carga horária do curso já é bastante pesada. Mas eles são recompensados com a aquisição de uma experiência transformadora”, afirmou Juliana.     

Texto: Paula Faria