segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Apresentação sobre Alberto Santos Dumont abre tarde no primeiro dia do Simepe

Estudantes do Campus Santos Dumont tiveram a responsabilidade de iniciar a programação vespertina desta segunda-feira no III Simepe. Uma exibição teatral em três atos contou um recorte da vida de Alberto Santos Dumont, considerado um dos maiores inventores de todos os tempos. Coordenado pela professora Geísa Soares, o grupo de teatro "UsminêrUai", atualmente formado por alunos dos cursos técnicos em Guia de Turismo e Transporte de Cargas, apresentou-se ao público na quadra poliesportiva do Campus Rio Pomba.

Foram retratadas passagens como o nascimento, o convívio com a família e os sonhos do inventor que o impulsionaram ao histórico voo com o 14 Bis, em 23 de outubro de 1906, no Campo de Bagatelle, em Paris. Responsável por interpretar Santos Dumont, o aluno Lucas Guimarães, do curso técnico em Guia de Turismo, afirmou que "trazer a história dele ao público é uma grande honra", salientando ainda que, embora todos os brasileiros o reconheçam como inventor do avião, por exemplo, pormenores de sua trajetória não são amplamente conhecidos.

Um desses detalhes diz respeito à morte de Alberto Santos Dumont, que cometeu suicídio em 1932. Lucas teve a perspicácia de relacionar o episódio à campanha "Setembro Amarelo", de conscientização sobre a prevenção do suicídio. O estudante leu diversos relatos sobre depressão, agonias e aflições, reforçando a necessidade de se levar tudo isso a sério. "Já presenciei pessoas com esses problemas. Pedi a elas que fizessem os textos em anonimato, para mostrar ao público", concluiu Lucas.

Texto e fotos: Daniel Leite
12-09-2016