terça-feira, 13 de setembro de 2016

Professores e alunos debatem “ações extensionistas para inclusão de pessoas com diversidade funcional no âmbito do IF Sudeste MG”

Na manhã desta terça-feira, dia 13 de setembro, o público do SIMEPE debateu as ações extensionistas para inclusão de pessoas com diversidade funcional no âmbito do IF Sudeste MG. Para iniciar os debates, o professor Rui Gonçalves de Souza (IF Sudeste MG) fez uma provocação através do filme “Três ceguinhas de Campina Grande PB - Série Músicos de Rua (TV Zero - Som da rua 1997)”.
“Foi uma provocação para refletirmos sobre a forma de viver de cada um e iniciarmos a nossa discussão.”, destacou o professor Rui Gonçalves de Souza.

Em relação ao tema de diversidade funcional o Mediador da mesa, professor Valdir José da Silva (Campus Barbacena), explicou que “a inclusão faz parte da extensão a partir um processo dialógico na qual há um aprendizado mútuo entre as partes envolvidas.”

Ainda sobre a extensão o Professor Fabrício Avelino (Campus Barbacena) falou sobre o tripe ensino, pesquisa e extensão a partir da visão dos estudiosos Paulo Freire e Boaventura Sousa Santos. “O tripé ensino, pesquisa e extensão deve sustentar a democracia, promover um diálogo entre o sujeito da extensão e a instituição que a promove”.

Sobre a prática da diversidade funcional o professor Anderson Rodrigues (Campus SJDR) concluiu que na prática é muito complicado pois estamos em outra cultura, mas que é possível e necessário.”

Fechando a manhã os participantes realizaram uma discussão sobre o tema com os palestrantes.


Bianca Alvin
13-09-2016